quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

APOSENTADORIA POR INVALIDEZ E O DIREITO ACRÉSCIMO DE 25% POR CENTO.

A aposentadoria por invalidez pode ter um acréscimo de 25%. Esse aumento tem direito os segurados que necessitem de assistência permanente, ou seja, um cuidador, uma enfermeiro, um ente da família para ajudar ao segurado inválido a tomar banho, vestir até comer, então a Lei 8213/91 concede esse plus ou acréscimo Esse aumento é calculado sobre o valor do benefício e reajustado sempre que o benefício for modificado. A Lei 8213/91 autoriza, mas infelizmente muitas pessoas ainda desconhecem. Isso vale para os segurados do INSS aposentados por invalidez ou por acidente de trabalho que necessitem de cuidados permanentes.

Mesmo atingindo o teto máximo previdenciário, é devido! Existe uma lista na legislação previdenciária indicando onde o auxílio é devido, como nos casos de cegueira total, perda de nove dedos das mãos ou paralisia de dois membros superiores ou inferiores e também outras patologias relacionadas são a perda dos membros inferiores, quando não for possível o uso de prótese, perda de uma das mãos e de dois pés, ainda que a prótese seja possível, e a perda de um membro superior e outro inferior, quando a prótese for impossível, uma cardiopatia grave, câncer terminal, doenças mentais, etc. Enfim, enfermidades que os segurados necessitem de ajuda de outra pessoa para auxiliar no dia a dia.

Interessante ressaltar, que o benefício cessa com a morte do aposentado por invalidez e o valor do acréscimo não é incorporado ao valor da pensão deixada aos possíveis dependentes legais, que são esposa, seja casada no civil ou união estável, filhos menores e inválidos.

Para ter direito ao acréscimo de 25% (vente cinco) por cento na aposentadoria, o segurado tem que marcar uma nova perícia, constata a necessidade através do perito do INSS será concedido o acréscimo que ajudará a família e ao segurado.
Caso a perícia do INSS seja desfavorável ao acréscimo de 25% (vinte e cinco) por cento, procure um advogado da sua confiança para orientá-lo.
Até a próxima oportunidade!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela visita e pelo comentário !

Postar um comentário